19/12/18
 
 
Dois líderes de ginásios low-cost da Europa unem forças
Nick Coutts

Dois líderes de ginásios low-cost da Europa unem forças

Jornal i 12/01/2018 17:54

Ibérico low-cost

A Fitness Hut, marca 100% portuguesa, líder de mercado de ginásios low-cost foi adquirida pela Viva Gym (abreviada como “Viva”), que por sua vez é líder de mercado de ginásios low-cost em Espanha. O acordo foi liderado pelo sustentável investidor Bridges Fund Management (abreviado como “Bridges"). Juntos irão constituir o maior grupo de ginásios low-cost da Península Ibérica, com cerca de 200.000 mil sócios e com receitas superiores a 50 milhões de euros. O valor da transacção é confidencial.

A Fitness Hut junta-se à rede de ginásios Viva Gym, com 21 (vinte e um) clubes em Espanha. Fundada em 2011, a Fitness Hut reúne mais de 110.000 sócios e detém 31  (trinta e um) clubes em Portugal. A Viva Gym, nasceu igualmente em 2011 e conta com um universo de cerca de 90.000 sócios.

O Bridges adquiriu uma participação maioritária na Viva em 2015 através do seu Fundo de Crescimento Sustentável III. A aquisição do Fitness Hut foi possível derivado de um investimento adicional do Fundo III, e ainda de um co-investimento adicional da Magenta Partners, da Hermes GPE e das equipas de gestão dos dois negócios.

Relembramos que a Fitness Hut contou desde o início com o apoio financeiro da The Edge Group e adicionalmente, em Julho 2014, a OxyCapital Mezzanine Fund disponibilizou um financiamento significativo com o intuito da rede de ginásios crescer em Portugal. The Edge Group e OxyCapital tiveram um papel muito importante no arranque e desenvolvimento da marca.

O sector da saúde e do fitness continua a prosperar, tanto em Portugal como em Espanha, e a característica low-cost é a principal razão do rápido crescimento destes mercados. As duas marcas continuarão concentradas em impulsionar uma maior acessibilidade à saúde e à condição física e juntos, tornar-se-ão no maior grupo low-cost ibérico.

O propósito desta fusão está directamente ligado à continuidade da expansão e ao desejo da internacionalização. Em Portugal, o Fitness Hut tem já programadas, para o presente ano, 12 (doze) novas aberturas de clubes - eis algumas localizações chave: Alverca, Leiria, Maia, Antas (estes 4 clubes com previsão de inauguração no 1º trimestre 2018); 2 (dois) no Porto (um na zona do Norte Shopping e outro no centro do Porto); Cacém; Viseu, mais um na linha de Cascais, entre outras. A Viva Gym, tem em curso já duas pré-aberturas, mas tem previsto no total 6 (seis) novos clubes em Espanha. O grupo para 2018 vai contar com mais 18 (dezoito) novos clubes e tem o objetivo de alcançar um total de cerca de 90 localizações até final de 2020.

De salientar que os fundadores iniciais da Fitness Hut continuam empenhados a dar continuidade à projecção da marca, e desta forma Nick Coutts, André Groen e Julio Pedro Carvalho, continuarão em cargos de gestão e voltaram a investir na empresa.

Irão continuar a ver os letreiros Fitness Hut - as identidades mantêm-se, ou seja, as marcas em ambos os mercados vão manter a mesma insígnia - Fitness Hut em Portugal e Viva Gym em Espanha. Institucionalmente nasce uma única empresa, a holding Viva Gym Group, Lda.

A Organização Mundial de Saúde apontou a inatividade física, como um dos riscos mais significativos para a saúde pública; contribuindo com cerca de 3,2 milhões de mortes anualmente, em todo o mundo. O exercício regular pode ajudar a travar este problema crescente - mas, em muitos casos, os ginásios podem ser inacessíveis ou dispendiosos para as pessoas com baixo poder de compra.

Nick Coutts, Co-Fundador e CEO do Fitness Hut, disse:

“O Fitness Hut, nos últimos anos, teve o privilégio de acompanhar e conhecer de perto as equipas do Bridges e da Viva; por isso não temos dúvidas de que foi uma boa escolha enquanto parceiros de crescimento da marca. Estamos muito entusiasmados com a oportunidade de fusão, constituindo o maior grupo de ginásios low-cost na Peníncula Ibérica. Mal podemos esperar, para juntos trabalharmos em conjunto, e nos tornarmos líderes de mercado em Portugal e Espanha.”

Juan del Río Nieto, CEO ao Viva Gym, disse:
"Tanto a Viva Gym como o Fitness Hut têm uma óbvia e valiosa oferta low-cost. Oferecem ginásios acessíveis e económicos em locais privilegiados, com um design moderno e um ambiente muito agradável. A oferta, também inclui uma vertente realista e uma política de "sem fidelização" que garante a flexibilidade de adesão. Estes princípios e características comuns contribuem para que o grupo seja um negócio coeso, continuando a comprometer-se com a liderança e a inovação do mercado ".

James Hurrell, Diretor de Investimentos do Bridges, disse:
"O Bridges conhece a equipa do Fitness Hut há seis anos, e admiramos o negócio que eles criaram. Com a junção destas duas empresas, construímos uma equipa de gestão e um quadro altamente experientes e completos. Existe uma óbvia oportunidade para as duas marcas de melhorarem as suas ofertas, através da partilha de conhecimento e de princípios, e o compromisso de financiamento comprometido, permite um plano de crescimento mais rápido. De acordo com os antecedentes do Bridges, na melhoria da acessibilidade à actividade física e à obtenção de melhores resultados de saúde, cremos que esta é uma excelente oportunidade para a criação de um outro operador "de qualidade" no setor dos ginásios low-cost europeu.”

Ler Mais

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×